Apresentação do projecto

Laboratório de inovação social e turismo responsável

Em geral, a economia social e, particularmente, o turismo responsável, sustentável ou solidário podem se constituir numa espécie de mola propulsora do desenvolvimento na América Latina. Encarado, primordialmente, como uma atividade econômica, o turismo deve ser visto como um intercâmbio respeitoso de pessoas, culturas e o meio ambiente.

Essa é o princípio do qual parte o nosso projeto que consistiria na criação de um laboratório de inovação social e turismo responsável em uma das regiões mais bonitas e turísticas da América do Sul : La Quebrada de Humahuaca, na Argentina.

A finalidade desse laboratório – como resolvemos apelidar a iniciativa – é desenvolver projetos de economia social (não apenas no âmbito do turismo sustentável, como também do comércio justo, entre outras coisas) e convertê-los em um modelo de ação para outros atores em outras partes do continente e, principalmente, na região de la Quebrada de Humahuaca. Assim, queremos oferecer nossos conhecimentos sobre o tema e acompanhar os impulsores de projetos dessa área para que possam desenvolver um novo modelo econômico que leve em consideração o impacto social e ecológico. Em resumo, pretendemos que nosso laboratório incentive o surgimento de novas iniciativas.

A fim de colocar nossa ideia em prática, queremos, em primeiro lugar, ir em busca das diferentes experiências de turismo responsável (cultural, eco-responsável, solidário, justo, sustentável, etc) criadas na América Latina. Acreditamos que é preciso se apoiar naquelas iniciativas que já demonstraram eficácia em proporcionar impactos positivos do ponto de vista social e ambiental. Para reproduzir esses modelos em grande escola e multiplicá-los para outras partes do continente, consideramos imprescindível analisar, de perto, o funcionamento do seu projeto, compreendendo os obstáculos surgidos durante o processo de implantação e, sobretudo, identificando as “chaves” para o sucesso.

Após esse trabalho de observação, pretendemos fomentar o surgimento de iniciativas similares na Argentina em colaboração com a associação local “Manos por Maimará” e acompanhar os atores do turismo local para que se tornem mais responsáveis em suas práticas.

Jérémy e Luciana

[Com agradecimentos a Débora Duque para o conselho e tradução do texto original]

Laisser un commentaire

Entrez vos coordonnées ci-dessous ou cliquez sur une icône pour vous connecter:

Logo WordPress.com

Vous commentez à l'aide de votre compte WordPress.com. Déconnexion / Changer )

Image Twitter

Vous commentez à l'aide de votre compte Twitter. Déconnexion / Changer )

Photo Facebook

Vous commentez à l'aide de votre compte Facebook. Déconnexion / Changer )

Photo Google+

Vous commentez à l'aide de votre compte Google+. Déconnexion / Changer )

Connexion à %s

%d blogueurs aiment cette page :